Ontem estive em uma palestra sobre pedofilia, um jurista, professor de faculdade disse que se liberassem o uso da maconha ia diminuir com certeza o número de mortes, pois não iam existir tantas brigas entre bocas de fumo e muita gente não subiria o morro mais pra comprar erva. Porém ia falir o SUS, com internações de dependentes, tratamentos e etc. Ou seja; direito a vida que se ferre, antes maconheiro morto do que dando trabalho.

Postado por : Arnaldo Júnior Cabelo

Arnaldo Júnior Cabelo terça-feira, 10 de novembro de 2009. 2
 

2 comentários:

Gustavo disse... | 21 de dezembro de 2009 10:29

Acho que esse jurista é ele mesmo um pedófilo! hauahauhau

Arnaldo Júnior Cabelo disse... | 8 de abril de 2010 12:50

O pior, agora ele ta dando aula pra mim !sauhshuas