Já dizia um famoso sábio: "tudo acaba onde começou"

Quem diria... há aproximadamente 02 anos, devido à consequências fortuitas, passei a ausentar-me deste recanto criptográfico.. rodei, rodei, vivenciei muita coisa, mudei muita coisa, vi muita coisa mudar, mas não tomei caminho diferente. Confesso que ao me deparar com a atualização no orkut do companheiro que conduz sabiamente esta "pratileira" de reflexões construtivas, tive aquele "baque", reproduzindo em segundos tudo que se passou neste lapso temporal.. me diligenciei até aqui, que aparentemente está mudado desde última visita, mas como de se esperar, o conteúdo continua cada vez melhor e mais acrescentativo em nossos cotidianos, seja amoroso, seja corriqueiro, mas a cada texto e frase contida você sente uma espécie de "dejavú", deixando escapar alguns sorrisos ao perceber que realmente vivenciamos este tipo de situação diariamente, mas ninguém nunca se atenta, ficando assim, expostos apenas à olhos detalhistas filosóficos, que não reservam sua minuciosa atenção à coisas como do tipo, a calça bonita da vitrine, o carrão de fulano, a próxima micareta, quem será o próximo a sair do seu reality show preferido e essas futilidades do tipo...

Confesso[2]: que inevitavelmente, ao terminar a leitura, idealizei aqueles velhos e bons instantes etílico, com significativas reflexões antropólogas que consequentemente fluem nesses bons momentos, embalados pelo generoso horário de verão, que nos fazem o favor esticar nossas tardes de fim de semana.. o que seríamos sem essas tardes??? um tal senhor, conhecido por "Márcio" que o diga..
Entretanto sem mais delongas, neste momento percebo que voltei literalmente no tempo, lá naquele tempo onde desejava insistentemente o término daquele corrente ano pressentindo algum acontecimento no próximo, no qual realmente ocorreu, não só um, mas sim vários. A diferença agora é o desejo de que tudo continue ocorrendo naturalmente, sem pressa, sem arrependimentos e sem remorços, com o único intuito de aproveitar tudo que nos são oferecidos em boas oportunidades, pois quando menos esperamos, nos damos conta de que tudo passa, assim como nesses últimos 02 anos, aproveitar sim, mas com a devida cautela, pois "tudo que vai, volta" e "tudo acaba onde começou" não importando como, com quanto tempo, e com quem...

e pra finalizar, deixar um salve pro companheiro Arnaldo Júnior Cabelo, um futuro Arnaldo Jabor!!!!!!! ... (poha logo o jabor??? heheheh)

Postado por : keki

 

1 comentários:

Arnaldo Júnior Cabelo disse... | 21 de outubro de 2009 21:07

Bem,é bom te-lo novamente por essas cercanias meu nobre.
Faço dos versos de uma bela canção, suas boas vindas ;
"Boemia, aqui me tens de regresso. E suplicante lhe peço a minha nova inscrição"