Lamentos Sertanejos


Me desculpe se eu não fui seu mais raro amor, ou se eu fui efusivo e sentimental demais, é que meu objetivo na Terra era ter um autorama e algum dia viajar para algum lugar legal, daí você veio e apareceu em um Fevereiro e mudou tudo.
E fiz do teu nome o jargão mais bonito quando se queres falar de amor, e esse amor que acho que nunca irei de esquecer, ficou amarrado em minha história, se um dia chegasse a rei ou bispo e tivesse direito a um escudo, nele mandaria gravar tua imagem e semelhança.
Daê dentro de uma lata de condensado, o teu rosto quando riu eu guardei nela.
Mais ae, mexendo em uns e-mail antigos achei fotos(você ta linda) e seu sorriso de novo.
E o que ficou faltando pra mim pedir nas próximas datas comemorativas são seus olhares, caras engraçadas, maluquices, e jeitinhos de falar.

Postado por : Arnaldo Júnior Cabelo

Lamentos Sertanejos Arnaldo Júnior Cabelo sábado, 11 de abril de 2009. 0 Lamentos Sertanejos
 

0 comentários: